quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Os amigos que só toco com o coração

Não só os livros, mas todos nós, seres humanos, também guardamos várias histórias em nossas mentes. Não é verdade? Em cada ser habita um universo de possibilidades. Fantástico! Compartilho abaixo um texto de uma amiga virtual, Ju Farias.

"O mundo é uma biblioteca gigante de livros incríveis que contam histórias. As obras são de diferentes linhas e abordagens, cores e estilos, temas e linguagens. E o que une tudo em um espaço só se chama vida.

Todo ser humano é um livro cheio de contos, poesia, dramas e histórias de superação. A pessoa que está ao seu lado no ônibus, o atendente da lanchonete, o dono da empresa, a moça que limpa o prédio e o padeiro que faz o pão que você come no café da manhã. Todos nós temos uma estante nessa biblioteca do mundo.

Certa vez um taxista me disse que a melhor parte do trabalho dele são as histórias que ele escuta. “Aprendo mais do que em qualquer universidade”, lembro bem de ouvir isso. Alguém é louco de duvidar? A vida é a grande escola e todos somos professores.

Quando paramos para prestar atenção ao que acontece com o outro é que percebemos isso. São raras as pessoas que se param ao centro da biblioteca da vida para ler o que o companheiro disse, escreveu ou está a contar. Não temos tempo, nem saco, nem curiosidade pelo livro de quem passa por nós, exceto se estivermos como protagonistas da história?

É algo a se pensar com carinho, pois o grande lance da vida é essa troca de energia que um faz no mundo do outro. E não precisamos de tanto tempo ou de muita paciência para compreendermos que fantástica história pode ser essa.

Temos hoje diversos pontos a favor para a leitura de mais livros, além do nosso. É o mesmo papo do que acontece fora do próprio umbigo. Vivemos em um mundo digital onde eu posso ter um milhão de amigos sem vê-los uma única vez. Há quem vá dizer: “Ah, essas relações digitais…”. Concordo! Nada como um café com aquele irmão que escolhemos para construir a vida.

São duas coisas diferentes (e importantes): os amigos que andam conosco, pé com pé, mãos dadas, cabeça no ombro, gargalhadas até amanhecer bebendo vinho um na casa do outro. No entanto, temos uma gama de oportunidades de ler outros livros que se encontram distantes de nós, pessoas que moram longe e que talvez nunca tenham seus destinos cruzados (além do inbox do Facebook).

Não é triste isso? Claro que não! É um presente poder fazer parte do livro de alguém que nunca vimos, e melhor ainda se for para acrescentar poesia nesse capítulo. Nos últimos tempos tenho tido a oportunidade de conhecer gente de todo país e saber de histórias fascinantes que acontecem com pessoas mais fascinantes ainda. Coisa que sem o Facebook nunca seria possível, certo? Somos amigos virtuais sim e alguns desabafam comigo como se estivéssemos sentados tomando um mate na praça da cidade.

É incrível ter a oportunidade de ler esses livros e de compreender como somos todos donos de obras cheias de desafios e superação. Fui abençoada por conhecer histórias de pessoas iluminadas de todo canto do país como Rio de Janeiro, Salvador, Brasília, Manaus, Goiânia, São Luiz e por aí vai. Gente que foi tocada pelo que escrevo e veio dividir comigo a diferença que algumas palavras fizeram em suas vidas. Obrigada! Obrigada!

Semana passada uma menina de Araponga me adicionou no Facebook para comentar um texto meu. Onde fica Araponga, você sabe? Não fosse a doce Luciane me procurar, nunca saberia que essa é uma linda cidadezinha de Minas Gerais que não chega a 9 mil habitantes. Quando na minha vida eu conheceria a história da Lu? E quando teria a chance de saber mais sobre Araponga?

É muito bacana ter em minha vida pessoas como o Gleidson Costa, a Carol Daimond, a Andy Alcantara, o Maycon Souza e tantos outros amigos que fiz “virtualmente”. Existe uma linha invisível que liga você a uma série de outras pessoas, mas, geralmente, só percebemos aquelas que podemos tocar. Há espaço na biblioteca para todos os livros e a gente só precisa de uma coisa: disposição para conhecer essas histórias e coração para se apaixonar por elas."


Texto de Ju Farias
Fonte: http://demasiadohumano.com/os-amigos-que-so-toco-com-o-coracao/


sexta-feira, 1 de abril de 2016

Stand by

O nosso Clube do Livro está em um momento "stand by". O motivo: me tornei mamãe!! Estou me acostumando a esta nova realidade...  :-)

Em breve estarei de volta.

Bjs,

Andy

sábado, 14 de novembro de 2015

22º Encontro do Clube do Livro

Acompanhe o resumo e veja os livros que foram comentados em nosso 22º Encontro do Livro...  ;-)

Tatiane: 
Fazendas do Império
Fotos de Cristiano Mascaro, texto de Tasso Fragoso Pires, Mary del Priore e Roberto Conduru

Nana: 
Kafka - o processo, de Franz Kafka
Rio de Janeiro: histórias de vida e morte, de Luiz Eduardo Soares

Salete:
Mentes perigosas, de Ana Beatriz B. Silva
Leis da vida, de Luiz Gasparetto e Lúcio Morigi

Napoleão:
Fez alguns comentários sobre reportagem do jornal O Globo sobre os gastos do governo com o dinheiro público

Sandra:
Como enfrentar a indisciplina na escola, de Silvia Parrat-Dayan
Indisciplina e disciplina escolar. Fundamentos para o trabalho docente, de Celso S. Vasconcelos

André:
História bizarra da 2ª Guerra Mundial, de Otávio Cohen

Carlos:
Pare de acreditar no governo, de Bruno Garschagen

Isnal:
Obrigado, mamãe , de Pam Brown

Andréa:
Mentes consumistas, de Ana Beatriz B. Silva
Reportagem da revista Filosofia, Ciência & Vida, out/2013: "Sobre a necessidade de morrer", de Mateus R. Cardoso e Wellington L. Amorim

A próxima reunião será na minha casa, dia 17/01/2016.
Anotem nas agendas!

Bjs,

Andy

======================

O encontro foi adiado...   :-)


sexta-feira, 2 de outubro de 2015

21º Encontro do Clube do Livro

Sei que estou beeeeeeeeeeeeeeeeeem atrasada!! Mas... antes tarde do que mais tarde... rs

Nosso 21º Encontro do Clube do Livro aconteceu na casa da Sandy, onde discutimos sobre os seguintes livros:

Tatiane: A hora da estrela, de Clarice Lispector

André: Deixa que eu chuto: O lado folclórico e divertido do esporte, de Renato Maurício Prado

Sandra: Adoção: Clínica Psicanalítica, de Gina Levinzon

Carlos: Seu bolso, reportagem da Globo News

Isnal: Jardim Secreto, de Johanna Basford

Napoleão: O código da inteligência, de Augusto Cury

Salete: Pilares da História (autor desconhecido)

Andréa: Renato Russo: o filho da revolução, de Carlos Marcelo

Nossa próxima reunião está perto: dia 25/10/2015 na minha casa.

Beijos e até lá!!

Andy